NOTÍCIAS

jogo das estrelas
7 de fevereiro de 2019

Desafio Interligas: a cereja do bolo

Nunca antes um Jogo das Estrelas do NBB CAIXA colocou em ação as jovens estrelas do basquete nacional. Essa é uma prática comum na NBA, que desde 1994 realiza o Rising Stars Challenge com os melhores calouros e segundo-anistas da liga.

Agora, a maior festa do basquete brasileiro reunirá os melhores atletas Sub-23 do NBB CAIXA e da Liga Argentina. Chance de ouro de assistir as futuras estrelas do nosso campeonato e, de quebra, naquele clima delicioso de Brasil x Argentina.

O duelo entre “Novas Estrelas NBB” e “Novas Estrelas La Liga”, que será na sexta-feira (08/02), às 19 horas, ao vivo dos canais ESPN e Fox Sports, é a cereja do bolo do Jogo das Estrelas 2019. Quer saber por que? Se liga:

As futuras estrelas

Você já parou para pensar quem estará em quadra no Jogo das Estrelas 2024? Ou quem será o cestinha do NBB CAIXA 2026/2027?

E a Seleção Brasileira? Quem representará nosso país na Copa do Mundo de 2027? E nos Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Pois é. Muitos deles podem estar ali, diante de seus próprios olhos. Tem Yago, Didi, Georginho, Ruivo, Dikembe… Só os melhores prospectos do nosso basquete brasileiro.

E outra, vamos ser sinceros: não foi massa ver o Jayson Tatum (Boston Celtics) e o Joel Embiid (Philadelphia 76ers) se enfrentando no Rising Stars Challenge da NBA em 2018?

Ou então, para os mais velhos, ver o Kevin Durant fazendo 46 pontos no desafio dos calouros de 2009 contra o time do ainda “rookie” Russell Westbrook?

Então… Qual será a história que veremos no Pedrocão? Vai perder essa oportunidade?

Didi e Yago, a dupla do momento

Didi e Yago Mateus, ambos de 19 anos, são os maiores prospectos do basquete brasileiro atual até 23 anos. Isso não tem nem o que discutir.

Não à toa, os dois têm sido nomes constantes nas convocações do técnico Aleksandar Petrovic nas Eliminatórias para Copa do Mundo 2019.

Mas alguém aí já viu eles jogando juntos, no mesmo time?

 Ao longo de suas carreiras, contando também as categorias de base, foram 17 vezes ao todo. No entanto, nenhuma delas foi no Brasil.

São cinco jogos no Sul-Americano Sub-15 no México em 2014, cinco na Copa América Sub-16 na Venezuela em 2016, seis no Sul-Americano Sub-21 na Argentina em 2018, e um pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo 2019, no Canadá.

Os dois ainda são prospectos de NBA. Yago disputou o último Nike Hoop Summit ao lado dos maiores prospectos do mundo, e Didi tem seu nome cotado para o segundo round do Draft de 2020.

Resumindo: não é todo dia que se vê essa dupla ao vivo… Se eu fosse você, não perdia.

Brasil x Argentina

Vale deixar claro que o Desafio Interligas não é um duelo entre as seleções de Brasil e Argentina, mas sim entre as ligas dos dois países. Mas não importa: o clima da partida será, sim, de Brasil x Argentina.

Sem dúvida alguma essa é uma das maiores rivalidades do mundo entre países. Em qualquer que seja a modalidade, esse clássico vai sempre pegar fogo.

No basquete, o confronto já pegou fogo em diversas ocasiões. Copa América, Pré-Olímpico, Mundial, Olimpíada… e até mesmo a nível de clubes, com Liga Sul-Americana e Liga das Américas. É só jogão.

No ano passado, a molecada que estará em quadra no Desafio Interligas deitou e rolou no Sul-Americano Sub-21 e deu uma “palhinha” do que podemos ver. Vamos relembrar?

Clima de revanche?

Além da rivalidade que já existe entre as duas nações, Brasil e Argentina se enfrentaram na grande final do Sul-Americano Sub-20, no final de 2018, na cidade de Salta (ARG).

E quem levou a melhor? O Brasil, que soltou o grito de campeão invicto do torneio em pleno solo argentino ao vencer a decisão por 84 a 76.

Ganhar deles já é bom. Na casa deles, então? Melhor ainda!

Brasil foi campeão do Sul-Americano Sub-21 sobre Argentina em plena casa deles; Yago foi o MVP do torneio (Divulgação/CABB)

Yago Mateus foi eleito o MVP da competição. Além dele, outros seis atletas campeões do Sul-Americano Sub-20 estarão em quadra no desafio: Ruivo, Didi, Danilo Sena, Gui Abreu, Dikembe e Victão.

Pelo lado da Argentina, somente o ala Enzo Rupcic, do Instituto de Córdoba (ARG), esteve presente naquela ocasião.

+Com brasileiro na lista, “Novas Estrelas La Liga” tem seus 12 atletas definidos

Competição, sim!

Muita gente reclama que Jogo das Estrelas não tem competição: “É só show”, “não tem disputa”, “ninguém marca”, “é chato”… e por aí vai.

Ok, tudo depende do ponto de vista (e todos eles são válidos), mas tudo indica que o Desafio Interligas será bem diferente.

Além de todos os fatores de rivalidade citados acima, essa é também uma baita chance de “dar a cara” e aparecer para o cenário do basquete brasileiro, tanto para os atletas do NBB CAIXA quanto os da La Liga Argentina.

Georginho (Paulistano) e Lugo (Quimsa): ambos estarão em quadra no Desafio Interligas – Novas Estrelas (Fotojump/LNB)

Portanto, podem esperar um duelo pegado, de alto nível e bonito de se ver. Afinal, esse será um Brasil x Argentina como você nunca viu igual.

O Jogo das Estrelas 2019 é um evento organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB) em parceria com a NBA e conta com os patrocínios da CAIXA, Avianca, Nike, Penalty, Infraero, Eurofarma, McDonald’s, TNT Energy Drink e CAOA CHERY e os apoios da FIESP, Algar Telecom, Unimed Franca, Prefeitura de Franca, UNISAL, Açúcar Guarani e Ministério do Esporte e Governo Federal.

'

#JOGODASESTRELASNBB

Patrocinadora Máster
Marca oficial
Patrocinadora Oficial
Cia Aérea Oficial NBB
Patrocinadora Oficial
Patrocinador Oficial
Patrocinador Oficial
Patrocinadora Oficial
Patrocinadora Oficial
Apoiadora Oficial
Patrocinadora Oficial
Bola Oficial
Apoiador Oficial
Apoiador Oficial
Apoiador Oficial
Parceiro de Tecnologia
Apoiadora Oficial
Parceiro
Emissora
Emissora
Emissora
Emissora
Chancela
Realização